1

“Pressentimentos” de Maria Guilherme

Robert Jahns Photography

Fonte: http://shu84.blogspot.de/2012/07/nois7-robert-jahns-photography.html#more

Pressenti… Pressenti que algo não estava bem… Pressenti que algo iria mudar a minha vida, mas não liguei.
Trazia aquele pressentimento há algum tempo e não dei grande importância. Aconteceu!… E eu não quis acreditar. Ainda não acredito. Tanto tempo com aquela imagem na memória, a ouvir aquele barulho… Tantas noites em que tive sonhos estranhos… E de repente aconteceu!
Ainda hoje trago o eco da tua voz, ainda hoje vejo o teu sorriso em todo o lado… Ainda hoje me culpo. Depois de tantos sinais, de tanto pressentir eu não evitei.
Não quero dormir, não quero voltar a sonhar, não quero voltar a pressentir. Mas pressinto sem sonhar, sem dormir. Aquele barulho não me sai dos ouvidos, a tua voz grita dentro de mim e eu nada fiz. Sou uma incompetente, uma verdadeira inútil por pressentir e nada mudar.
Pressenti… Pressenti que uma vez mais que algo iria acontecer e mais uma vez nada fiz para mudar. Desta vez não foi nada de grave, mas podia ter sido evitado. Continuo inútil. Onde estavas para não me ajudares naquele momento?!? Por onde andas? Porque é que não estavas comigo? Porquê?!? Preciso tanto de ti… Desde aquele pressentimento que nada é igual. Tenho vozes, barulhos estranhos, imagens, ecos dentro de mim. Tenho medo … Muito medo. Preciso do teu abraço, aquele que me envolve e protege do mundo. Preciso do teu sorriso, aquele que me dá força e coragem para seguir em frente. Preciso do teu olhar, para não me sentir só. Preciso de ti… Preciso de ti para existir EU! Porque eu sou tu, porque tu completas-me e fazes-me acreditar em mim. Porque tu és a minha força, coragem e determinação. Porque tu és eu e eu sou tu! Partiste, mas sei que onde estiveres acompanhas-me. Acompanhas todas as minhas conquistas, todas as minhas batalhas, todo o meu dia a dia.
Desde aquele pressentimento que sobrevivo. Sobrevivo ao mundo, a todos os obstáculos que ele me coloca, sobrevivo a todos os problemas da vida. Desde aquele dia que sonho em voltarmos a estar juntos, mas não pressinto isso. Quero ter esse pressentimento, quero pressentir algo bom e feliz. E não pressinto!
Só pressinto coisas menos boas, só pressinto sofrimento. Não quero mais… Chega!! Quero sobreviver com algo bom. Quero voltar a ter-te fisicamente, quero ter coragem para enfrentar o mundo. Chega! Não quero voltar a pressentir!!
by Maria Guilherme

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s