1

“Introspecção” de Clarisse Silva

Sou a força do Ser

A réstia de mim,

Força a renascer

Nos escombros do fim.

 

Sou livro aberto em aberto

Página branca em verso…

Calhamaço por escrever,

Estrutura por satisfazer!

 

Caminho por trilhar

No trilho por inventar

Desprezo o conhecido

Defino o indefinido.

 

Força oculta a brotar

Na ocultação da vida

Por descobrir.

 

Ponto de partida (s)em centro

Na energia a conquistar.

 

Sou uma música por terminar

Sou peça perdida

Encontro com a saída.

 

Sou a força do Ser

Na réstia de mim…

Alma no poder

Sensibilidade em frenesim.

18 de Outubro de 2010

Clarisse Silva

Anúncios

One thought on ““Introspecção” de Clarisse Silva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s