1

“Um Dia” de Sara Cordeiro

Fonte da imagem: http://walkthroughtherain.tumblr.com/post/16315992135

Entre vós paredes me isolo e escondo

Lá fora chove,

e eu contínuo na minha noite

Nessa noite,

sou pássaro nocturno

que deambula por aí

chocando contra pesos e medidas.

Minhas lágrimas transbordam

Como líquido em ebulição

Passo através do tempo,

toco-lhe com a minha asa e fico ferida.

Sinto o fluir da matéria que há em mim

através de capilares e artérias.

Contínuo a voar

até encontrar quem sou

Forças actuam sobre mim

que me empurram e puxam até cair no chão.

Expludo como elemento químico

reagindo bruscamente à água

E permaneço até acabar a reacção

De uma tristeza entranhável,

que contaminou meu coração.

Este vai-se corroendo,

até desaparecer

Por tua culpa tristeza

que não me deixas viver.

By Sara Cordeiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s