Sem categoria

“It’s the first time” 8ª Parte do “Diário de Quem Ama…” de Dany Filipa

Nos últimos tempos o acordar de Sofia deixara de ter sentido, deixara de ter brilho. Ultimamente ela ficava horas e horas a rebolar na cama, sem vontade de se levantar, sem vontade de sair do seu Mundo. Queria apenas estar sozinha, não queria ouvir vozes, queria apenas sonhar e recordar aquilo que a fizera, realmente feliz…
Naquele dia em que saíra decidida de casa, para tentar encontra-lo, acabara mesmo por se cruzar com ele na pastelaria, mas Sofia, não percebeu que ele estava ali. Naquela manha, a jovem, passara o dia mais longo da sua vida. O trabalho não lhe ocupava o tempo, que parecia não querer passar. Desmarcara a reunião que tinha naquele final de dia para assim poder correr até à pastelaria e poder de vez, sorrir-lhe e conversar com aquele ser que lhe causava curiosidade.
Sofia entrara na pastelaria confiante e sorridente, coisa que nos últimos tempos, era raro nela. O estabelecimento que se encontrava aquela hora quase sem clientes, fez ainda sorrir mais a jovem, pensara que assim tinha tempo para lhe roubar mais uns minutos de conversa. Curioso que a jovem nem pensara nos lados negativos do jovem, para ela, mesmo sem o conhecer, achara-o perfeito. Junto ao balcão, de costas para a porta, estava um jovem, onde pelo aspecto do corpo, aparentava ser ele. Decidida Sofia aproxima-se e armada em esperta lança uma pergunta: Quando me convidas para tomar café, jovem encantador?
Aquele vulto que ali se encontrava de costas vira-se para Sofia, surpreso com o que ouvira. Ao vê-lo a jovem cora e pede imensas desculpas. Não era ele… Sofia lá se recompôs e pergunta ao empregado da pastelaria pelo seu colega, ele diz-lhe que era o único rapaz a trabalhar ali.
– Não pode ser, tem que haver mais alguém aqui a trabalhar… – exclama Sofia irritada, perante o ar de descompreendido do jovem, até que Sofia remata frustrada, mas à espera de uma explicação:
– Quem foi então que me deixou aquele bilhete? Quem foi?
– Fui eu que lhe deixei o bilhete. – responde o empregado.
– Você? Não não pode ser, foi ele, ele, ele que não é você, não pode ser, não eram esses olhos – Sofia estava confusa com toda a situação
– Fui eu sim, minha senhora, que lhe deixei o bilhete, a pedido de um cliente que se encontrava aqui na pastelaria.
– Cliente? Ah então é cliente e não trabalha aqui. Mas como se chama, ele é de onde?
– Não lhe sei dizer. Sei apenas que foi a primeira vez que o vi aqui. Deixou uma boa gorjeta só por lhe ter entregue o papelinho e nem dois minutos aqui esteve.
Entre dentes, Sofia, lança um palavrão. Desapontada consigo mesmo, abandona o estabelecimento.
Até casa, a jovem, em pensamento ralhava consigo mesma. Havia falhado nalgo que tanto queria. A obsessão em quere-lo vê-lo chegar, fora tanto, que nem ponderou sequer que ele poderia estar ali, mesmo ao lado dela, em suma, não pensara em todas as hipóteses. Bem, na verdade, a jovem sabia que por mais que procurasse, achara que seria praticamente impossível voltar a cruzar-se com ele. Entre pensamentos e culpas a si mesma acaba por esboçar um enorme sorriso. Tinha chegado á conclusão que foi ele que a procurou, foi ele que foi atrás dela, então, ela não teria que fazer nada, apenas esperar que ele voltasse a dizer algo.
De sorriso no rosto, roda a chave na porta do seu prédio, entrando. Hoje era uma das noites que não lhe apetecia cozinhar. Um iogurte e umas bolachas serviam para acompanhar o tempo que ia estar a navegar na net. Era usual ela chegar a casa, pegar no seu portátil e com a televisão no canal VH1, passando música, ela lá se ia actualizando da política, do desporto e deixando umas crónicas no seu singelo blog. Criara um blog, ao qual chamara de “democrático”, onde expressava a sua opinião sobre os mais variados temas. Naquela noite resolvera escrever um poema onde se questionava sobre o amor: o que é o amor?
Com a sua voz forte declamou o poema e colocou-o no blog.

Poucos minutos tinham passado e Sofia recebe o seu primeiro comentário, que tinha como titulo: O poder da voz.
Serena a jovem inicia a leitura ao comentário enquanto corava.

“A magia do comunicar
Do cantar, do sentir, do extravassar
em cordas de prata
na laringe da poeta

Arranha pensamentos
Concreta emoções
conquista corações

Inquieta-me essa voz
Inaudível pela distância”

Se surpresa lhe causava este comentário encantador que havia recebido, mais surpresa ainda ficou quando viu quem o assinava: “Ghost (P.S. Estavas linda na pastelaria).
Apesar de surpreendida, Sofia sorri. Sentia-o por perto.
“Com que esta Ghost? És o fantasma que me vai visitar á noite e tenta-me assustar? Eheh
Bonitos versos” – respondera a jovem em forma de comentário.
“Sim sou eu. Que te visito durante a noite. Sou eu que entro no teu corpo, na tua alma e vasculho todo o teu ser. É bom dormir contigo” – Sofia rira imenso ao ler as palavras do misterioso Ghost.
“De onde me conheces jovem misterioso?” – pergunta ela, onde ele responde:
“Conheço-te através do teu sorriso e do teu olhar. Enfeitiçaste-me. Bom acompanhar o teu blog e ver no teu perfil as tuas fotos. Encontrarem-nos por aqui. Um beijo do teu Ghost”.
Sorridente, Sofia visita o perfil do blog dele. Uma foto em tronco nu. Ela nem se apercebera dos abdominais dele, apenas nos seus olhos castanhos, que a encantava. Ficara ali vários minutos a olhar a única foto que ele tinha. Analisara os seus olhos e o seu sorriso, até que acabou por adormecer no sofá a pensar nele. Como ele era um encanto…

by Dany Filipa

One thought on ““It’s the first time” 8ª Parte do “Diário de Quem Ama…” de Dany Filipa

  1. Um fantasma… E o amor começa a assombrar Sofia… Precisará este amor de ser alimentado em carne e osso? Ou um fantasma misterioso chegará para manter esta chama acesa?
    Escreve sempre, porque é delicioso ler-te e porque te faz muito bem!
    Um beijinho e abracinho apertadinho em ti, minha borboleta querida!
    Inês

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s