1

“Pássaro ferido” de Marina Luz

 

 

Enganas-te a ti próprio. Enganas o mundo porque te feriram na asa.

E só com uma asa não se pode voar.

E não se volta a amar!

Não se voa só com uma asa, não se constrói sonhos escondidos no ninho onde já não queremos deixar de estar nem deixar ficar quem nos quer curar a ferida.

Não se pode ser um pássaro livre quando tudo o que queremos é voltar á estação primaveril de uma vida passada.

Pássaros feridos magoam por protecção ao menos queria e quero eu pensar assim. Comparar-te a um pássaro ferido, tira-me um pouco esta raiva que sinto de ti!

Pois no final todos “nós” temos pena de pássaros feridos.

Adeus vou voar……….

by Mariana Luz

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s