Poesias

“Desejos indiscretos” de Rosário Palma

 

 

Desejos indiscretos

Com sabor a sensual

Os mais desejos secretos

Num encontro ocasional.

Um assédio que eu queria

Sem sentimentos envolvidos

Numa pura fantasia

Como frutos proibidos.

Sem prévia marcação

Sem hora ou local

É esta a emoção

Dum desejo carnal.

Quase numa linguagem secreta

Sem palavras, nem desagrado

Solto-me e fico liberta

Quando o pecado está a meu lado.

by Rosário Palma

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s