1

“Deitei-me” de Nuno Quintela

Fonte da imagem:http://favim.com/image/203975/

Deitei-me,
Encostei ao meu rosto um molho de flores de jasmim,
Senti o odor que outrora transmitias e me deixavas assim…

Inalei-o suavemente,
Sem pressas senti-o intensamente,
Penetrou em mim e deixou-me diferente…

Em estado de êxtase adormeci,
Sonhei com o primeiro dia em que o senti,
E com a maneira fugaz com que o perdi…

De repente acordei,
O molho de flores afastei,
Tentei levantar-me mas não consegui,
Algo me prendia ali…

Um sítio muito especial,
Onde só lá tem o teu odor,
Onde só lá perco toda a minha dor,
Onde só lá carrego baterias para uma vida sem a tua presença em meu redor…

By Nuno Quintela

One thought on ““Deitei-me” de Nuno Quintela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s