Poesias

“Silêncio…” de Bruno Almeida

 

Sombra do momento,
Desafio constante,
Mágoa latente,
Presa no pensamento!
Lembras o passado,
Fraquejas a vontade,
Divides pela metade
Persistes em ser relembrado!

Sabes onde ir, o que realçar.
Jamais cessas a tua procura,
Seu doce amante da loucura
Desconheces o que é falhar!
Queres-me?Porra,aqui me tens, maldito!
Leva-me,mas nao me deixes desvanecer
Sem a mais doce sensaçao conhecer,
Encontrar aquilo que tanto transmito…

by Bruno Almeida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s