Poesias

“Doença Terminal” de Ricardo Sousa

Naquele instante o meu mundo parou
Quando soube da noticia, o meu coração congelou
O destino foi tão cruel
Eu muito chorei, quando li o maldito papel

A pobre criança a mim me sorria
Mal ela sabia que lhe tinha sido detectada leucemia
Foram tantas as noites que eu chorei
Todos os dias, aos santos eu rezei

Dizia que não conseguia entender
Como e que esta criança podia vir a morrer
Vou fazer tudo por esta criança
Porque depois da tempestade vem a bonança

O choro da sua dor
Só fez crescer o meu amor
Porque eu por ela me movia
E por ela eu morreria

A dita criança encontrou um dador
Eu falei-lhe da doença e pedi-lhe de por favor
Ela podia ter um fim a vista
Ver ela a viver era uma verdadeira conquista

Depois da operação fiquei mais sossegado
Pois o pior já tinha passado
Aos santos fui agradecer
Porque a vida e o melhor que podemos ter !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s