1

“Tempos” de Ricardo Sousa

Ser criança deixa saudade
Temos sempre a bonança
E nunca a tempestade
Oh deus, quero ser novamente criança

Jogava a bola, sem preocupações
E nunca me preocupava com as emoções
Hoje a bola esta arrumada
E as emoções, estão com a minha amada

Fiquei preso no passado
Refém do desgosto mal curado
A vida pregou-me uma rasteira
E agora não consigo amar de nenhuma maneira

Os amigos sempre foram o meu forte
Eu era o sul, e eles o meu norte
Deus sempre foi uma miragem
E para mim não passava de um imagem

Hoje mais adulto e menos criança
Tenho a tempestade e não a bonança
Com defeitos e não qualidades
Lembro os tempos, que deixaram saudades

by Ricardo Sousa

2 thoughts on ““Tempos” de Ricardo Sousa

  1. Olá, achei este poema fabuloso…
    Alias este e o outro, uma escrita “diferente” mas bastante profunda.
    Sera possivel saber mais informações deste “poeta” ?
    Obrigado…

    • Cara Ana,
      Venho por este meio comunicar-lhe que já entrei em contacto com Ricardo Sousa, autor da poesia “Tempos”, e falei-lhe do seu interesse em saber mais sobre as suas poesias e pois bem a resposta dele foi bastante positiva. Pode entrar em contacto via e-mail para ( poemasdoricardo@hotmail.com) , e fazer-lhe todas as questões que desejar que dentro de em breve obterá resposta directamente do escritor em causa.

      Muito Obrigada pelo interesse.
      Cumprimentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s