1

“Soldado Da Armada” de Ricardo Sousa

Combatente de faca afiada

Por ti dou tudo, e jamais te deixo desamparada

Vejo-te com a minha medalha

À espera que eu regresse da batalha

Eu, soldado da armada

Espero pela ordem, do homem que me fez gostar da farda

A esperança é sempre certeira

Posso morrer, mas irei amar-te da mesma maneira

Enganei o medo, e temo não ser temido

Espero ainda, que de mim não te tenhas esquecido

Eu rezo sempre em tua memória

E para que o nosso amor, faça história

O filho que tu estas a criar

Fará com que eu, seja difícil de apagar

Não o deixes gostar da farda

Na sua mão, coloca um doce e tira a espingarda

Deixo-te aqui uma lágrima

Nesta que será, a minha última pagina

Se eu me ficar, numa certa noitada

Deposita-me flores, no caminho da pedra deitada

by Ricardo Sousa

One thought on ““Soldado Da Armada” de Ricardo Sousa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s