1

“Mãe” de Ricardo Filipe

Fonte: http://martybugs.net/gallery/photos/IMG_6768_600.jpg

Mãe querida que me fizeste nascer

Desculpa quando te fiz sofrer

Choraste pela ausência de um bom filho,

E eu arranjava sempre um novo sarilho

Os anos passam e eu entendo

Todos os medos que ias temendo

A recuperação foi dolorosa

Julgava mais fácil, mas foi bastante penosa

Hoje reconheço o erro cometido

Levou anos, mas estou arrependido

Depois da minha longa recuperação

Procuro, nunca mais cair na tentação

Errar é humano

Todos erram, ate o ser mais soberano

Eu não sou diferente

Mas recuperei, e isso fez de mim eu resistente

Faço da vida uma longa estrada

Onde, nunca te deixarei desamparada

Porque totalmente recuperado

Não vais ter um filho, mas sim um anjo a teu lado

By Ricardo Filipe

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s