1

“Oh Amor” de Nuno Quintela

Oh amor,
Oh amor,
Consegues sentir esta dor?
Este ardor,
Provocado pela ausência,
Pelo silêncio…

Oh amor,
Oh amor,
Já ditaste a sentença?
Não mereço ter esperança?
Nesta dança macabra,
Não há nada que reabra….

Oh amor,
Oh amor,
Eu pago fiança,
Nem que seja para ter um lembrança,
Que a dedicação não é em vão…

Oh amor,
Oh amor,
Já não sei o que fazer,
Tenho medo de me perder,
Por favor acha-me antes do anoitecer…

by Nuno Quintela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s