1

“Olá vida” de Moreira

…O pior síndrome do ser humano…

…é não aproveitar essa bênção que é…

…viver…

Vida que me fazes poetizar,

Que me fazes descrever,

O que os meus olhos têm dificuldade em caracterizar,

Por isso me expresso no escrever.

Olá vida…

Vida de emoções descontroladas,

De sentimentos que se soltam das algemas da razão,

De almas sujas que são lavadas,

Outras permanecem sem remédio ou cura…vagueado em vão.

Olá vida…

Vida de toque subtil,

Que sopra e rasga as paginas à sua feição,

Que escreve de forma febril,

Tocando sempre no ponto mais fraco, o coração.

Olá vida…

Vida desenfreada e ingénua,

Desgovernada e impaciente,

Que nos liberta prendendo numa sela minha e tua,

Sem que possamos responder simplesmente.

Olá vida…

Vida onde nunca é tarde,

Em que as resoluções tardam, mas não dormem,

Em que as achas mesmo à chuva ardem,

E as cinzas nem o vento escondem.

Olá vida…

Vida que escorre como areia nas mãos,

Impossível tentar controlar,

Sabe sempre a sua direcção,

Podemos apenas o seu desfecho adiar.

Olá vida…

Vida de punhado justiceiro,

Punhado que age a cada momento,

Nem sempre é certo, mas é verdadeiro,

Nada a dizer…olá! vida é contigo que me encontro.

By Moreira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s