Sem categoria

“O Meu, o Teu, o Nosso Mundo” de Dany Filipa

Ele dorme a um canto qualquer
sem aconchego,
sem conforto…

O seu despertador são tiros pelo ar,
são gritos de desespero,
de morte,
de dor…

Ele não faz birra para ter uma bonita bola de futebol
ou para ter uns ténis de marca…
Ele joga à bola com uma lata
e pontapeia descalço…
Saltando,
correndo
e até rindo!

Ele não chora porque não quer comer
ou porque prefere antes umas guloseimas…
Ele chora porque tem fome,
porque tem sede…

Ele não deseja não ir à escola,
não fazer os trabalhos de casa…
Porque ele não sabe escrever,
não sabe ler…
Mas sabe o que é trabalhar!

E falamos nós nas politiquismos em direitos de criança?
Em direitos de igualdade?

Paramos nós um segundo para pensar no que não queremos ver?
No que fingimos não saber?
Mas que faz parte do meu,
do teu,
do NOSSO MUNDO…

Voz e Poema: Dany Filipa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s