Sem categoria

“Qual a solução para a dor?” de Mefistus

No estado mais latente de todas as civilizações, nada fazemos de facto para instituir a dor como nosso inimigo.
Parece que necessitamos dela, quanto mais não seja, para nos lembrar que o fim há-de chegar.
Em todos estes séculos, não aprendemos com efeito a eliminá-la, mas a atenua-la.
Comprimidos para aqui, receitas para ali.
Não nos tentemos enganar.
O Mundo farmaceutico precisa de nós. E nós habituamo-nos à facilidade de um prazeroso comprimido. de uma farmácia por perto.

Existe na verdade, comprimidos para tudo, excepto para a dor de alma.

by Mefistus

One thought on ““Qual a solução para a dor?” de Mefistus

  1. É mais uma forma de pensar enraizada na sociedade, mas que, tendo em conta o estado actual do mundo, não está de todo certa. Ataca-se a consequência não se ataca a causa. Assim acontece para as dores da alma. Tenta-se ofusca-la o mais que se pode com as coisas materiais (vícios de toda a sorte, orientação do pensamento fora da essência interior) e é assim que o mundo vive, deixando-se levar pelo seu lado mais negro, e adormecendo a consciência, engordando egos insaciáveis.
    Beijo,
    Clarisse

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s