1

“Caixinha de Amor” de Zeca Martins

 

 

De onde vem o amor? Onde o guardamos? Fiquei outro dia procurando o amor dentro de mim. Depois de algumas horas de intensa busca, voltei para fora de mim de mão vazias. Ora, sempre ouvi dizer de todas as bocas que conheço que somente o amor constrói. Que as coisas feitas com amor são mais prazerosas. Que brilhamos quando temos amor no coração. E por aí vai.  Acredito que muitas pessoas tenham o amor latente desde que nascem. Uma espécie de dom. Assim como aqueles indivíduos que nascem com forte jeito para as artes, para os negócios, para a vida. Eles nascem sabendo o que vieram fazer por estas bandas. Outros passam a vida nessa busca. Assim também me parece que é a descoberta do amor.

Penso muito sobre o amor. E também fico um pouco ansioso quando estou procurando este sentimento mágico. O que? Você não sabia? Quando encontramos o amor e passamos a agir dentro de suas regras nossa vida muda, mesmo que tudo fique igual. Não entendeu? Eu explico. Se estiveres infeliz com o que tens na vida, dificilmente você encontrará o amor. Ele estará em fuga constante de você. Por mais que você se concentre em sua aventura exploratória, talvez você jamais o encontre. Por outro lado, se você está satisfeito com suas vitórias, seus bens, seus amigos, seus amores, seus sonhos de objetivo o amor deverá bater a sua porta a qualquer momento. É só esperar.

Não, eu não sou um especialista em amor. Até porque continuo nesta busca. Mas estou trabalhando para aceitar o que tenho e não sofrer pelo que não tenho. Somente essa mudança de parâmetro já melhorou um pouco as coisas para mim. É como se eu tivesse ganhado um mapa em código com o caminho. Por isso ainda terei que trabalhar bastante para decifrá-lo até chegar a salvo e feliz ao destino pretendido. Infelizmente não temos placas internas que sinalizem: “Amor a direita”; “Devagar. Amor a 200 metros”.

Cada descoberta auxilia muito na trajetória. Mas elas não param por aí. Também fiquei sabendo que, além de ser feliz com o que tem e não infeliz pelo que não tem, precisamos descobrir nosso propósito de vida. Nossa missão. Vejo que todas as pessoas que vivem com seus propósitos no coração e se dedicam a ele conseguem entender o mapa do amor sem sacrifícios. Por quê? Mistério? Não! Acredito que viemos para esse mundo com uma missão e se não a descobrimos, ou não a cumprimos com dignidade, as coisas ficam esquisitas para nós.

Bem, sugiro a todos que ainda não sentiram a força desse sentimento em seus corações que iniciem a busca já. A dificuldade existirá, mas será, mais ou menos, como aprender a baixar músicas no seu I-Pod. Para mim, pelo menos, creio que encontrar o amor será bem mais fácil.

Iniciados na arte do amor dizem que precisamos amar os outros como a nós mesmo e aí o teremos no coração. O problema aqui é que você precisa aprender a se amar. Pois se tiver qualquer dúvida a respeito de você, tudo ficará mais difícil. Preciso lembrar que a diferença entre a amar a si mesmo e o egoísmo e amazônica. Então, por favor, não confunda as coisas. Se fosse resumir, parece que o amor somente pode ser encontrado à medida que seu autoconhecimento é ampliado.

Tudo que sugiro é baseado em minhas buscas individuais. Mas se puder servir para você encontrar essa força em seu íntimo que expulsará o medo e a ansiedade da sua mente, lhe colocando diante da felicidade e sucesso, já ficarei muito feliz. Perca algum tempo se investigando e prenda os sentimentos bandidos que lhe afastam de você, dos seus sonhos, objetivos e metas. Vamos descobrir e abrir nossa caixinha de amor. É caro descobrir, mas um barato de viver depois.

 

 

by Zeca Martins

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s