1

“Luzes de Esperança” da autoria de António MR Martins

Do peito

Me aperta o canto

Um aperto que não é dor

Uma mescla

De quase pranto

Onde se envolve o amor

Saudades

Que me tormenta

Da ausência sempre presente

Felicidades

De que se alimenta

O prosperar de nova vertente

Do peito

Me saem as provas

Desta união permanente

Um misto

De sensações novas

Que evocam passado e presente

Sede de um sentido perdido

Num caminho para uma foz

Ausência que perde sentido

Da contínua presença em nós

Perante o que me é permitido

No futuro vibrar de tua voz

By António MR Martins

3 thoughts on ““Luzes de Esperança” da autoria de António MR Martins

  1. Por vezes há uma estrofe que marca um poema.
    Eu costumo chamar tal ocorrência de ” chave da essência”, outros chama apenas uma estrofe sonante, mas o que retenho deste belo poema, é a magnifica passagem:

    Sede de um sentido perdido

    Num caminho para uma foz

    Ausência que perde sentido

    Da contínua presença em nós

    Gosto deste hábil brincar com as palavras, como se se pretendesse apenas rimar e no entanto, num olhar mais cuidado, apercebe-se da imansa criatividade poética, na construção desta estrofe, que saliento, fortalece a base da construção do poema.

    Os meus parabens ao autor. Isto é de facto…Poesia!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s