1

“Ausência de Ti” de Fábio Almeida

Como são intermináveis os segundos longe de ti… Sim tenho contado cada segundo que falta para te voltar a ver… Para voltar a ver em mim a felicidade que se esvanece durante todo este tempo longe de ti e que só é reencontrada novamente junto a ti . Tenho pressa em voltar a estar contigo, mas uma das grandes desvantagens de termos pressa é o tempo que nos faz perder. Aproveitei esse tempo e resolvi romper as imagens impressas em meu coração. Aquelas imagens dos momentos bons que já passámos juntos e em que fui maravilhosamente feliz, e aí percebi que o tempo que gostamos de perder não é na verdade tempo perdido, mas sim o melhor tempo que usufruímos nas nossas vidas. Tempo perdido é somente aquele que usamos para aprender coisas que não interessam e que nos privam de descobrir coisas interessantes.
Com todo esse tempo, perdido e aproveitado, o amor calcula as horas por meses, e os dias por anos; e cada pequena ausência tua é uma eternidade.
É nessa eternidade de ausência que vivo, mas que graças a ti me faz acreditar que nos separa-mos para que o destino nos pudesse dar um reencontro bastante feliz.
É esse desejo que comanda a minha vida, o desejo de ficar eternamente junto a ti…

By Fábio Almeida

One thought on ““Ausência de Ti” de Fábio Almeida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s