1

“Frágil” de Lia Torres

Crespas chamas sobem por ali acima, iluminando parte da divisão, com a sua cor bruxuleante.
Tudo é quente, surpreendentemente reconfortante.

Após a sensação de receio principiar a dissipar-se, a tendência é aproximarmo-nos lentamente, aumentando o passo, com medo que se esvaía em dois tempos.

É verdade que a rapidez é inimiga da perfeição, as grandes construções levam o seu tempo. No entanto, basta saber dar-lhe o devido valor, para que possamos crescer, e, assim sermos capaz de a preservar dentro de nós.

A amizade é assim. Algo tão ou mais frágil que uma leve pluma; uma luz fugaz, consoante a forma como dela cuidamos, e calorosa que nos preenche qualquer vazio que exista dentro de nós.

By Lia Torres

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s